Tag: cia. Villa Isabel

Olavo Bilac relata”zoolatria aguda” e passageira em torno dos animais do zoo do Rio de Janeiro

 

TÍTULO  Zoolatria Aguda
AUTOR  Olavo Bilac
DATA  6 de novembro de 1907
LOCAL  Rio de Janeiro
FONTE  Correio Paulistano
REPOSITÓRIO

Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional

DESCRIÇÃO

Olavo Bilac relata toda a atenção dada aos animais recém-chegados do zoológico do Rio de Janeiro (Vila Isabel), prevendo o desinteresse do público em poucos meses:

Em torno de cada gaiola, de cada jaula, de cada viveiro, de cada tanque, havia um grupo compacto de zoólatras, admirando os animaes. E eram enternecedoras as perguntas que os visitantes, com a voz trêmula de interesse e ternura, dirigiam aos guardas: Estavam todos os bichos vivos? Nenhum morrera? Continuavam a gozar de boa saúde? Comiam bem? Mostravam-se satisfeitos com a sua nova residência?…”O urso branco, principalmente, atraia a solicitude dos perguntares: “Não estranhara o calor? Suportará bem o banho? Não se deixava ganhar pela nostalgia assassina, moléstia de poetas e de damas sensíveis?…” E o urso branco, insensível aos cuidados que inspirava, melancholicamente se bambaleava sobre as curtas pernas traseiras, agarrando-se com as dianteitas ao tronco de uma goiabeira (…) Felizes bichos! Que os deuses misericordiosos lhes conservem a vida e a saúde no Jardim Zoológico, onde, daqui a pouco tempo, gozarão os indizíveis benefícios e as ineffáveis delícias da solidão, do silêncio e da paz!

Porque, daqui a algumas semanas, a nossa zoolatria terá desaparecido, como tantas outras latrias que já nos exaltaram  (…) quando algum jornal noticiar que algum dromedário morreu com saudade dos seus ares ou que o urso branco se está finando com a nostalgia dos seus campos de gelo, toda a gente perguntará: “Que dromedário?”! “Que urso branco?”! –e sem mais indagações continuará a pensar na laria de então, que ninguem pode prever qual será…

 

Espalhe

Membros do Conselho Municipal do RJ criticam imoralidade do jogo do bicho e apresentam projeto contra iniciativa

As notas foram reunidas em uma mesma entrada por se tratar dos desdobramentos de um mesmo assunto. 

 

TÍTULO  Telegrammas [nota da coluna]
AUTOR  Desconhecido
DATA 28 de março de 1895 
LOCAL  Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
FONTE  Correio Paulistano
REPOSITÓRIO

Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional

 

DESCRIÇÃO  “Os senhores Julio do Carmo e Sá Freire, do Conselho Municipal [do Rio de Janeiro], atacaram hoje o jogo dos bichos do Jardim Zoologico. Sá Freire vai neste sentido apresentar um projeto de repressão contra similhante immoralidade.”

 

 

TÍTULO  Capital Federal [nota da coluna]
AUTOR  Desconhecido
DATA 31 de março de 1895
LOCAL  Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
FONTE  Correio Paulistano
REPOSITÓRIO

Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional

DESCRIÇÃO É apresentado ao Conselho Municipal do Rio de Janeiro um projeto prevendo a rescisão do contrato que permitiu o jogo do bicho no zoológico do Barão de Drumond. 

 

Espalhe

‘Esplendido’ jardim zoológico do RJ terá animais ‘pacíficos’ e ‘ferozes’

TÍTULO Jardim Zoológico
AUTOR desconhecido, reproduzindo notícia do “O Paiz”
DATA 11 de janeiro de 1885
LOCAL Rio de Janeiro
FONTE  jornal “A Província de São Paulo”
REPOSITÓRIO  Acervo Estadão
DESCRIÇÃO
A Província de São Paulo reproduz texto publicado no jornal O Paiz com informações sobre o jardim zoológico a ser construído em Villa Izabel, sob iniciativa de João Baptista Vianna Drumond (Barão de Drumond), presidente da companhia ferro-carril Villa Izabel. Entre os animais, estão “pacíficos” e “ferozes”. A iniciativa é vista tanto como útil para o “recreio” quanto para o “estudo” da população. 

 

Espalhe

Empresa busca financiamento na Bolsa para construção de zoo carioca

TÍTULO Jardim zoologico
AUTOR desconhecido
DATA 10 de agosto de 1885
LOCAL Rio de Janeiro, RJ
FONTE  jornal “A Província de São Paulo”, reproduzindo notícia do “Paiz”
REPOSITÓRIO  Acervo Estadão
DESCRIÇÃO
Ações são lançadas na Bolsa de Valores para o financiamento da construção de um zoológico no Rio de Janeiro (pela companhia Villa Isabel, de Barão de Drumond)

 

Espalhe

Autorizada construção de zoo no Rio de Janeiro

TÍTULO O que vae pelo Brazil
AUTOR desconhecido
DATA 26 de outubro 1884
LOCAL Rio de Janeiro, RJ
FONTE  jornal “A Província de São Paulo”
REPOSITÓRIO  Acervo Estadão
DESCRIÇÃO
 Ministério do Imperio autoriza commendador João Baptista Vianna Drumond (Barão de Drummond), a construir no bairro de Villa Izabel um jardim zoologico “semelhante aos que ha em algumas cidades da Europa”

 

 

A mesma notícia foi veiculada também pelo “Correio Paulistano”:

 

TÍTULO   Thesouraria de Fazenda
AUTOR desconhecido
DATA  25 de outubro de 1884
LOCAL Rio de Janeiro
FONTE  jornal “Correio Paulistano”
REPOSITÓRIO  Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional
DESCRIÇÃO Ao noticiar autorização de criação de um zoo no Rio pelo Barão de Drumond, Correio Paulistano enfatiza que iniciativa semelhante ainda pode ser realizada pelo Imperial Instituto Fluminense de Agricultura

 

Espalhe