Tag: Jardim da Luz

Presidente da província de SP incumbe botânico de estudo para zoo

TÍTULO  Parte Official, Expediente da presidencia
AUTOR desconhecido
DATA  20 de setembro de 1888
LOCAL  zoológico da Antuérpia (Bélgica)
FONTE  jornal “Correio Paulistano”
REPOSITÓRIO  Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional
DESCRIÇÃO  Presidente da província de São Paulo, Pedro Vicente de Azevedo, incumbe o botânico Alberto Loefgreen de realizar estudos para a conversão do Jardim Público (atual Jardim da Luz) em um parque zoológico e botânico “em proveito da instrucção e sem que o publico fique privado de tel-o como recreio”. 

 

Espalhe

Botânico sueco propõe criação de zoológico em São Paulo

TÍTULO  Jardim Publico
AUTOR desconhecido
DATA  4 de março 1888
LOCAL Jardim Publico (Jardim da Luz), São Paulo
FONTE  jornal “A Província de São Paulo”
REPOSITÓRIO  Acervo Estadão
DESCRIÇÃO Alberto Loefgreen (botânico sueco, 1854-1918) apresenta projeto na Assembleia Legislativa Provincial de São Paulo para transformar o Jardim Publico (atual Jardim da Luz) em um jardim zoológico e botânico. O jornal “A Província de São Paulo” posiciona-se contra a proposta, ao considerar que outros terrenos da cidade poderiam se destinar a esse fim. 

 

 

Espalhe

Autorizada conversão do Jd. da Luz em zoológico

TÍTULO  Assemblea Provincial, Projecto n. 226
AUTOR desconhecido
DATA  14 de abril de 1888
LOCAL Jardim Público (Jardim da Luz), São Paulo
FONTE  jornal “Correio Paulistano”
REPOSITÓRIO  Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional
DESCRIÇÃO  Assembleia provincial autoriza conversão do Jardim da Luz em um Jardim Zoológico e Botânico, “onde serão cultivados e creados os productos da flora e fauna da província”. 

 

Espalhe

Aves do Jardim Público de São Paulo viram alvo de vandalismo

TÍTULO Vandalismo
AUTOR desconhecido
DATA 2 de maio 1884
LOCAL São Paulo, São Paulo
FONTE  jornal “A Província de São Paulo”
REPOSITÓRIO  Acervo Estadão
DESCRIÇÃO
 Nota denuncia vandalismo e violência contra aves do Jardim Público (Jardim da Luz), em São Paulo. Texto correlaciona a violência contra os animais e a “selvageria” e os “typos que representantam a triste e atrazada civilisação desta santa terra bragantina”

 

 

Espalhe

Aves são doadas para Jardim Público de São Paulo

TÍTULO  Aves Aquaticas
AUTOR desconhecido
DATA 4 de janeiro de 1880
LOCAL São Paulo, São Paulo
FONTE  jornal “A Província de São Paulo”
REPOSITÓRIO  Acervo Estadão
DESCRIÇÃO Cisne e espécie da família da cegonha são doadas por José Luciano Barbosa (que esteve envolvido na criação de um museu provincial em 1877 em uma das salas do Palácio do Governo de São Paulo) a Antônio Bernardo Quartim,  diretor do Jardim Público de São Paulo (Jardim da Luz). O jornal vê aí início de “alguma cousa que tivesse ares de um jardim zoologico”.

 

Espalhe

Breve crítica ao Jardim da Luz

 

TÍTULO Telegrapho (nota)
AUTOR desconhecido
DATA 21 de fevereiro de 1866
LOCAL Jardim da Luz (São Paulo)
FONTE  jornal “Diário de S.Paulo”
REPOSITÓRIO  Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional
DESCRIÇÃO Breve crítica ao Jardim da Luz, que não seria botânico nem zoológico

 

Espalhe